segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013


Vou ser forte como sempre fui durante toda a minha vida. 
Eu vou resgatar aquela menina que um dia você se apaixonou. Mas não para você se reapaixonar, não...
E sim, para eu voltar a ser quem eu era. Se você não se lembra mais dos motivos que o levaram a se apaixonar por mim, talvez eu entenda as raízes disso. 
Por mais que eu continue sendo com você da maneira que eu era antes, você não valoriza mais. 
E acho que isso acontece porque não tem como eu ser com os outros, algo que há tempos eu não sou comigo mesma. 

Eu me esqueci. Eu me perdi. Eu parei de viver em minha função. 
E não é mentira quando dizem que há falta de amor próprio. 
Eu reconheço, e passarei a me amar mais. Todo dia, me amarei um pouquinho mais. Eu vou ser forte. 
Eu posso. Eu consigo. Eu vou conseguir. Eu não vou me deixar abater. 
Serei determinada e provarei à vida que eu sou mais forte do que o que me machuca e insiste em me derrubar no chão. 
Não me darei por vencida, não mesmo. 
Eu via a destruição como dor e entrava em desespero. 
E, agora, vejo a destruição como força. 
Como força para suportá-la.

Um comentário:

  1. Olá!!!, Deus seja louvado na sua vida, o seu blog e as resenhas são maravilhosos amei sucesso
    já estou te seguindo - OBRIGADO PELA VISITA
    Curta e participe do meu blog e fan page
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir